Sudoeste Coreia – Parte 5 – Busan

E finalmente chegamos a Busan!! – Não mãe, não é Pulsan, é Busan mesmo com B e sem L… hehehehehehhhe

Busan é a segunda maior cidade da Coreia e o principal Porto do país.

De Suncheon para Busan é perto, mais ou menos duas horas, então chegamos cedinho por lá.

A perspectiva de um tempo mais ameno e sem sol, foi rapidinho por água abaixo, visto que o calor continuou “Abafante” e o sol “queimante” e meus ombros torrados da Expo em Yeosu choravam de dor só de pensar em mais Sol..rsss

Desculpa gente se falo muito do calor e do sol, não quero ficar dando uma de chata e nojenta que não aguenta um “calorzinho”, mas se fosse só eu que estivesse reclamando e fugindo do sol e do calor até vai, mas na boa, todos estávamos assim, principalmente os ocidentais, desesperados para achar uma sombra e um cantinho para ficar quietinho… hehehe

Primeira parada chegando em Busan foi o Yongdusan Park

É um parque tranquilo, bem para descanso dos moradores, mas duas coisas são especialmente bem legais.

Uma é a Busan Tower, uma torre de 120m de altura que dá para ter uma ótima vista da cidade.

A outra coisa legal são as grades cheeeeeeias de cadeados, com declarações de amor e cheio de corações para todos os lados.

Essa coisa dos cadeados e dos corações é algo muito comum por aqui.
Os Coreanos, são muuuuito cute cute, muito coração e fofinhos e tchuco tchuco e românticos.
Então é uma tradição os casais enamorados pegarem cadeados ou normais, ou de coração, ou enfeitados de qualquer outra maneira e acreditem de todos os tamanhos possíveis e escreverem seus nomes, fecharem nessa grades (de vários lugares aqui na Coreia) e jogar a chave fora, como sinônimo de amor eterno.

Esses cadeados são um show aparte, tem cada um mais bonitinho que o outro, uns só com os nomes e a data, outros maiores ou com plaquinhas anexadas cheias de declaração de amor e desenhos.
Outra coisa a respeito de corações, sabe aquele coraçãozinho que agora é moda no Brasil que vc faz juntando as mãos? Aqui é um pouco mais “discreto”… Eles colocam os braços em arcos em cima da cabeça, formando um coração! E quando é casal, eles fica juntos e cada um com um braço faz uma metade do coração… é fofo!!!! – Estou falando isso, pq em um dos cadeados encontrei um desenho de um casal fazendo o símbolo do coração, achei tão bonitinhuuuu!!!

Além desse monte de coração em vários lugares já vi estruturas de metal em forma de coração, com um banco no meio, para as pessoas tirarem fotos românticas… ai ai… o amor romântico e meladinho é lindo e eu adoroooo!!!!

Da praça acabei vendo pouco, como o André tinha me dito que ainda queria ir para Busan, deixei para voltar com ele em outra oportunidade e dai sim, ver a praça com calma, subir na torre e ver mais coisas da cidade.



Não estou brincando, Até os pombos estavam se protegendo do sol!!!!!


Cada cadeado com uma metade de coração e apelidos carinhosos “Mung Mung i”


Desenho do casal fazendo o coração Coreano – Achei Fofo!!!



Minha versão do coração Coreano

Continuando, próxima parada Jagalchi Market ou Fish Market

É um mercado de peixe, um parte a céu aberto e outra em pavilhões gigantes com uma barraquinha do lado da outra, vendendo os tipos mais estranhos de peixes!!!!

E tem de tudo, peixes de vários tamanhos, mariscos, lulas, ostras, lagostas, caranguejos, ouriços, pepinos do mar e mais um monte de outros bichos estranhos e com caras esquisitas, tudo vivo, tudo em tanques se mexendo!! Em uma das barracas foi até engraçado, tinha uma lula que não queria ficar na bacia dela de jeito nenhum. Ia lá fugia e ficava se arrastando para fora, o cara ia lá pegava e colocava para dentro, a lula ia lá e se rastejava de volta para fora… essa cena foi bem engraçada! rsss

O que eu achei muito legal, além de ver uma variedade enorme de animais e frutos do mar, nesses pavilhões, a parte de baixo que é cheia de barraquinhas, você vai lá e escolhe o que você quer, compra e na hora eles já sobem para o segundo andar e preparam para você comer. Mais fresco que isso impossível!!!!


Muita variedade




Lula Fujona


Esse Bicho é horrível e fica se mexendo em ondas – Já me disseram que eles pegam desse jeito, vivo, poem no pão e comem…. ecooowwwwww


Fala se essa senhora não é uma fofaaaa!!!

Depois de muitos tipos de peixes, hora de ir para praia… ou não…

Um pessoal até escolheu ir para a Praia… eu preferi me proteger e não fui a única, a americana do grupo, Chelsea também estava passando mal e resolveu encarar um Shopping comigo.

Até que foi muito legal, aqui os Shoppings maioria é tipo Loja de Departamento, grandes, vários andares, cada um dedicado a algo especifico (sapato, moda feminina, masculina, cosméticos, sports, decoração) os andares grandes, com tudo junto e se tem lojas de marcas especificas elas parecem mais uns boots no meio do caminho, do que lojas fechadas igual em Shoppings.

Ficamos lá no Shopping andando, conversando, até pensamos em fazer ice skating, pois tinha uma pista gigante de patinação, mas tínhamos pouco tempo para voltar para o ônibus, continuamos a dar voltas até que chegamos no Madame Tussaud’s que é o Museu de Cera conhecido no mundo todo.
Esse para falar a verdade era bem pequenininho, mas foi ótimo pq estava quase na hora de voltar.
A Chelsea é uma F I G U R A… engraçadíssima, fazia altas caras e bocas, sem medo de ser ridícula e obvio e fiquei lá dando muita risada dela!!!

Breakfast at Tiffany’s




My Jonhny..rssss


Estava difícil parar de dar risada para tirar essa foto!!


Oh Beckhan!!!

Well, hora de voltar para casa… Busan fica a 6h de Seoul, então tivemos uma longa viagem de volta!

Mas no geral, essa viagem foi muito boa! Tive oportunidade de conhecer muitos lugares legais, mais partes da Coreia que provavelmente não iria ou nem teria conhecimento a respeito!

Amei principalmente ter ganhado, aproveitado muito e conhecido novas e ótimas pessoas!!!

Beijos a todos!!


Anúncios

Sudoeste Coreia – Parte 3 – Yeosu

Hoje é dia de Expo!!

Acontece desde o começo do ano e terminou agora em Agosto a Expo 2012 de Yeosu.
Essa exposição acontece a cada ano em um lugar diferente do mundo atraves de votação e a cada ano engloba um tema diferente referente a preservação do Meio Ambiente.

O tema desse ano: “O Oceano Vivo e Costa: Diversidade de Recursos e Desenvolvimento Sustentável”, trouxe atraves de diversos tipos de pavilhões, exposições, shows, palestras, etc, mostrar e informar o que está sendo e o que deve ser feito com o avanço da tecnologia para identificar meios de preservar, prevenir e resolver problemas referente aos oceanos, suas vidas marinhas e a interação com o meio ambiente e com os seres humanos.

Ok, falei a parte bonita do negócio, agora vamos a realidade.

Desde que chegamos aqui na Coreia, ouvimos muito falar dessa Expo. Propagandas e excursões por todos os lados, davam a impressão de algo magnifico!

Chegando lá, realmente impressiona, o local é gigantesco, predios e pavilhões e atrações mil e ainda por cima, bem do lado do mar, a vista é linda!!!!

Uma parte começou legal, como ao contrário de muitos lugares, na Coreia eles estão em busca de maior relacionamento e entrada de estrangeiros no país, tudo o que é para NÃO Coreanos é mais barato ou até de graça.
Então ao inves de pagarmos 33.000 wons, pagamos apenas 3.000 e ainda não pegamos a fila gigantescaaaaa para entrar.

Maas, olhando para dentro, a gente já começa a se desesperar, filas e filas e gigantescas filas para todos os lados!!! Arrisco dizer que nem na Disney em pleno Julho vi tantas filas e tanta gente juntas em um só local!!!

Ok tinha muitas atrações interessantes, tinha um Aquário enorme que era a grande atração do lugar, mas na boa… 3 horas para entrar num aquário??? Já vi muito peixe na minha vida, obrigada!!!

Isso se o problema fosse só a fila. Lembra do calor infernal??? Multiplica por infinito!!!!
Até sombrinha para nos proteger do sol (muuuito comum por aqui) estavamos cogitando comprar!!

Aqui eu não tenho certeza se é através da lua que eles sabem (ou inventam) os 3 dias mais quentes do ano, principalmente para comer um prato mais quente ainda, uma sopa com um frango recheado dentro (pois aqui calor se combate com calor), mas desses 3 dias mais quentes do ano… hoje foi um deles!!!!

Junta lugar aberto, filas de 3 horas para qualquer das atrações, humidade absurda, um dos dias mais quentes do ano, céu aberto e um sol de rachar… me desculpe, mas por mais legal que seja o local, dificil realmente curtir direito!!!

Minha visão geral da Expo foi: ok, o tema interessante, mas das poucas exposições que consegui entrar, não vi nada realmente efetivo, só pequenas demonstrações sobre o que cada país está fazendo a respeito de preservação marinha.
Porém as apresentações dentro de cada sala, apesar de algumas até serem legais, realmente não vale a pena 2 horas de fila.
Além de pavilhões com salas de cada país, tinham pavilhões de empresas.

Claro que dei um jeito de entrar no Pavilhão da Samsung (não sei pq.. rss). O show foi lindo, era uma projeção fantástica, as imagens eram super bem definidas e bonitas e ainda tinha interação com atores fazendo acrobacias – Maaaas não vale as 3 horas de fila!!!!! (No calor, debaixo do sol escaldante).

Agora imagina, nós chegamos lá por volta de 11h da manhã e tinhamos que nos reunir para ir embora as 14h30.
3h30 para conhecer tudo e ainda almoçar??. Lógico que não vimos praticamente nada!!!

Valeu apenas para ter uma real noção sobre a tal da Expo que taanto falavam.

Agora todos reunidos, partiu Suncheon, esse passeio sim, valeu a pena, mas vou deixar para o próximo post.

Beijos a todos!!!

PS: As fotos desse post vou deixar para depois pois estou postando do celular.
Mas para quem quiser, tem um álbum no meu facebook, com várias fotos legais dessa viagem!!

image

Única foto com o celular da Expo. Pavilhão Internacional, Salão da Thailandia.